Índice do artigo

 

Com a entrada do Centro de Dia em funcionamento, novas necessidades foram descobertas. Iniciou-se o Apoio Domiciliário, serviço que foi pioneiro no Concelho de Matosinhos e que atendia as necessidades daqueles que não podiam estar em Centro de Dia muitas vezes por estarem acamados. No Centro de Dia, o apoio só se podia fazer de Segunda-feira a Sexta-feira limitado no horário das 9h00 da manhã ás 18h00 da tarde. Como eram resolvidos os feriados? E os fins-de-semana? Como podiam viver condignamente se á noite não tinham o que comer ou passavam frio? Destas e de outras inquietações nasceu a ideia da construção de um “Lar”, uma casa que pudesse acolher os mais necessitados dando-lhes carinho, atenção, conforto, higiene, cuidados médicos e muita dignidade para estes viverem os últimos anos de suas vidas.

Com a mesma vontade e querer de tornar sonhos em realidade, foi-se de novo á Câmara Municipal de Matosinhos para explanar as nossas angústias, o nosso desespero face a uma realidade que vive entre nós: as dificuldades dos idosos da Vila de S. Mamede.